PAGE-TYPE=single

Soro fisiológico deve ser usado no nariz do bebê todos os dias

Em clima seco, o cuidado deve ser redobrado

4 Comentários

Especialmente em caso de ar seco e em ambientes com ar condicionado, é comum o bebê sofrer com o nariz entupido, o que pode causar alguns incômodos, como não dormir direito, sofrer irritabilidade, além de deixar os pais preocupados. Por isso, manter o narizinho do bebê limpo e descongestionado é muito importante e o soro fisiológico é um grande aliado nessas horas. Sem efeito colateral e eficaz, o produto pode ser comprado em qualquer farmácia, sendo o mais indicado a versão 0,9% de cloreto de sódio, já que o de 3% pode irritar o nariz.

A higienização deve ser feita com muito cuidado. O ideal, segundo os médicos, é limpar as vias respiratórias do bebê todos os dias, pelo menos duas vezes, pela manhã e antes de dormir. Porém, dias de clima mais seco exigem a lavagem do nariz com mais frequência.

Como aplicar
Com a cabeça do bebê um pouco inclinada para trás, os pais devem aplicar o soro nas narinas com um conta-gotas, não devendo ser colocado na direção central do nariz e sim para fora. Após o uso, é muito importante lavar o conta-gotas corretamente antes de ser usado de novo, para evitar o crescimento de germes e bactérias. Por isso, lave-o com água corrente e sabão neutro e esterilize com água quente por alguns minutos. Depois deixe-o secando naturalmente. Quem tiver disponibilidade financeira, pode comprar os flaconetes de soro, muito mais prático e substitui a lavagem diária do conta-gotas.

Prevenção
Apesar de algumas vezes ser inevitável, há algumas formas de impedir o entupimento do nariz, como evitar mudanças térmicas frequentes, ambientes fechados e com muita aglomeração, além de deixar o bebê sem roupa após um banho quente.

+Lavar as mãos do bebê previne resfriados e outras doenças

Em alguns casos, a causa do nariz entupido pode ser a rinite, uma inflamação na mucosa do nariz, o que torna a higienização com soro fisiológico ainda mais importante, para evitar o contato da mucosa com os alérgenos. Já os descongestionantes nasais não são recomendados até a criança completar dois anos e, mesmo depois dessa idade, só devem ser utilizados sob a orientação do médico.

E, lembre-se, limpe o narizinho do bebê com muito cuidado, caso contrário, o tecido do nariz pode inflamar e até mesmo sangrar. Não use cotonetes e nem algodão na limpeza, pois alguns resíduos podem acabar ficando presos nas vias nasais, atrapalhando a respiração. Lavar o nariz diretamente com água também pode gerar irritação por conta da concentração mínima de micro-organismos, na água, como bactérias, amebas e outros protozoários. Portanto, a melhor saída é adotar o soro fisiológico.

+Cera do ouvido: saiba como limpar corretamente 


Revisado por: Leda Barone, pediatra formada na Faculdade de Medicina da Universidade de Mogi das Cruzes com residência médica em Pediatria na Santa Casa de São Paulo (CRM 53500).

4 Comentários

    • Olá, Rubiana! Tudo bem? Apenas o soro fisiológico tem seu uso diário recomendado. O uso de outras versões, como o rinosoro, deve ser feito de acordo com a indicação médica. Abraços, Equipe Clickbebê.

  • O soro fisiológico usado para esse fim, deve ser armazenado na geladeira? Uso medicamento receitado pelo médico mas vejo na composição que é a mesma do soro, o que difere eles?

    • Olá, Graziela! Tudo bem? Sim, guardar o soro na geladeira é indicado pois ajuda a combater a proliferação de bactérias e fungos. Quanto à composição, existem algumas diferenças entre alguns tipos de soro, principalmente na composição. Abraços, Equipe Clickbebê.

Deixe o seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *