É importante identificar alterações físicas e comportamentais do seu bebê, pois podem indicar a necessidade de avaliação médica.

Como seu bebê não se comunica pela fala, você irá perceber que alterações do comportamento habitual do seu filho podem ou não estar associados aos sinais de alertas, indicando que algo de errado, ou diferente, está acontecendo. Os sinais mais comuns podem se manifestar de diversas formas: irritabilidade, choro constante, hipoatividade, febre, perda de apetite, tosse persistente, vômitos recorrentes, alteração na cor ou manchas na pele, dificuldade durante a respiração, entre outros sinais.

+ Tudo o que você queria saber sobre a febre e não tinha a quem perguntar

Com o tempo e conhecendo melhor o bebê, os pais serão capazes de perceber, entender e avaliar os sinais e, acima de tudo, identificá-los para informar o médico de confiança que, de posse destes detalhes, fará o correto diagnóstico e tratamento. Pais experientes sabem que o quanto antes forem identificados os sinais de alerta, mais rápida será a recuperação do seu bebê.

+ Quando devo ligar para o pediatra?

Quando o assunto é saúde do seu bebê, consulte sempre um profissional médico de sua confiança. Ele é a pessoa que melhor pode lhe ajudar.