Ainda dentro da barriga, o bebê começa a desenvolver os 5 sentidos.

Todos eles são estimulados pelo que se passa no corpo da mãe e por sensações que chegam ao bebê filtradas do mundo exterior. Estímulos que o feto consegue captar e registrar na memória.

Tato

É o primeiro sentido a se desenvolver e surge na 7a ou na 8a semana. No início, apenas os lábios são sensíveis e, 3 semanas depois, as palmas das mãos tornam-se sensíveis ao toque. A partir da 14a semana, ele já sente seu toque e se tranquiliza. Ao nascer, ele tem a mesma reação, já que um recém-nascido inquieto se acalma, normalmente, quando colocado junto ao corpo e balançado lentamente. Pesquisas provam que, quando um bebê prematuro é colocado junto do corpo da mãe, ele ganhará peso e se desenvolverá com maior rapidez.

Audição

Este é o sentido mais fácil de ser estimulado e o bebê reage ao som por volta da 24a semana. Quanto mais alto o barulho, mais forte será sua reação. Ele tanto ouve os barulhos produzidos pelo corpo da mãe, quanto os sons externos como vozes, música e TV. Sons altos e agudos geralmente incomodam o bebê; já, sons baixo e rítmicos o acalmam. E adivinha o som preferido dele? Acertou: a voz da mãe. Por isso, a gestante pode cantar e conversar com ele, que ele será todo ouvidos. Ao nascer, você vai perceber também que ele vai dar preferência à sua voz, já que você é essencial à sobrevivência dele.

Paladar

É pela ingestão do líquido amniótico, a partir da 12a semana até o final da gestação, que o bebê aprende sabores e aromas. No nascimento, os especialistas garantem que eles são capazes de distinguir certos sabores desde este momento, diferenciando, por exemplo, o doce do azedo, preferindo o primeiro.

Olfato

Dentro do útero, o bebê não pode aspirar o cheiro, mas é capaz de senti-los e memorizá-los, por meio de processos e mecanismos bioquímicos ainda pouco conhecidos pela Ciência. Tanto, que ele reconhece o cheiro da mãe ao nascer e pode distinguir o cheiro do leite materno do leite de outras mães.

Visão

Este é um dos últimos sentidos a ser estimulados dentro do útero. Na sétima semana, os olhos estão formados, mas as pálpebras permanecerão fechadas até por volta da 27ª semana. No entanto, o mundo do bebê é essencialmente escuro, porque a pele do abdômen e a roupa da mãe costumam impedir a entrada de luz. Se você colocar um biquíni num dia ensolarado, ele poderá perceber uma difusa luminosidade alaranjada. Ao nascer, ele tem os olhos inchados e vermelhos por causa das contrações do parto. Após alguns dias, seu rosto fica normal e começa a focar coisas, mesmo enxergando apenas o que está próximo do seu nariz, a aproximadamente vinte centímetros.

Compartilhe!