Como a gravidez altera todo o corpo (e em grande parte a mente) da gestante, é fundamental que a futura mamãe tome cuidados especiais para garantir uma gestação saudável e longe de sustos.

Fazer o acompanhamento pré-natal com disciplina, adotar alimentação balanceada, melhorar hábitos pessoais, praticar com cuidado atividades físicas e tentar evitar o estresse são precauções desejadas. O primeiro passo é escolher um competente médico obstetra e iniciar o acompanhamento pré-natal que durará até o momento do parto e se prolongará um pouco após ele, no puerpério.

A saúde da mulher e a do bebê serão minuciosamente acompanhadas por ele, para prevenir ou tratar todo problema surgido ao longo dos 9 meses de gestação, com o apoio bem vindo de exames clínicos, laboratoriais e ultrassonográficos. Alguns exames serão obrigatórios e, outros, variarão de acordo com a avaliação médica e as condições da gestante a cada fase ou momento.

Hábitos deverão ser reavaliados, a exemplo do consumo de bebidas alcoólicas e cigarros, que terão de ser abandonados durante a gestação e a amamentação. Na alimentação, frutas e vegetais mal lavados, assim como carnes e peixes crus, podem causar doenças como salmonela e toxoplasmose, que são perigosas na gravidez. É prudente diminuir o consumo de cafeína, pois ela aumenta os batimentos cardíacos e pode causar prejuízos ao feto.

Entre muitas coisas, até a vaidade, tão feminina, terá que ajustada nesse breve período, que parecerá extremamente longo, pois certos rituais de beleza, como alisamentos ou tinturas de cabelos, e tratamentos para a pele, deverão ser interrompidos.

Já os exercícios físicos são recomendados para aliviar eventuais desconfortos trazidos pelas mudanças corporais e emocionais, e para dar mais vitalidade ainda à dinâmica que está gerando uma nova vida. Com tantas recomendações, o ideal é anotar todas as dúvidas e não ter receio algum em encher o médico de perguntas. É sempre melhor prevenir do que remediar.


Revisado por: Marcus Cavalheiro, Médico Ginecologista e Mestre em Obstetrícia pela Escola Paulista de Medicina (Unifesp) (CRM/SP 30.077)