Loading...

Alimentos que Estimulam o Leite

Primeiro alimento do bebê, o leite tem diversos nutrientes, vitaminas e minerais essenciais para o seu desenvolvimento. E toda a mãe deseja que os seios produzam bastante leite para amamentar, não é mesmo? Para isso, a mulher precisa beber muita água e manter uma dieta saudável e diversificada.

Alimentação

É evidente a importância de uma boa alimentação durante a gravidez, considerando que uma dieta saudável exerce uma influência significativa e direta sobre o bebê. Em toda a gestação, é fundamental assegurar uma boa saúde para a gestante e o bebê.

Vitaminas Essenciais

Gerar um bebê exige uma alimentação equilibrada com todos os grupos alimentares. Apesar da importância do consumo de quantidades suficientes de todas as 13 vitaminas, há algumas que são determinantes para a saúde da gestante e a do bebê.

Gerenciando seu Peso

As mulheres que iniciam a gestação com baixo peso têm mais probabilidade de apresentar complicações no parto, dar à luz bebês prematuros ou com baixo peso. Da mesma forma, futuras mamães com sobrepeso ou obesidade também correm mais risco de ter complicações na gravidez e no parto, além de ter dificuldade em voltar à boa forma.

O Perigo da Cafeína

Produtos à base de cafeína (café, chás, refrigerantes com cola e energéticos) devem ser eliminados durante toda a gestação. Ela é um estimulante do sistema nervoso central, o que pode deixar a mulher agitada e com taquicardia, trazendo aceleração dos batimentos cardíacos não somente para ela, mas também para o bebê.

Saúde Bucal

Além de ir regularmente às consultas médicas e fazer toda a maratona de exames solicitados, muitas vezes a gestante se esquece da saúde bucal. E saiba que complicações na dentição e na gengiva são mais comuns justamente na gravidez.

Cortar Vícios: Cigarro e Álcool

Cigarro: você está cansada de ouvir que o cigarro tem mais de 4 mil substâncias nocivas ao corpo humano, não é mesmo? Mas você tenta, tenta e não consegue largar. É isso mesmo, fumar é um dos piores vícios, mas muita gente consegue parar, basta buscar um bom incentivo. No caso da grávida, quer melhor motivo do que garantir a saúde do bebê?