PAGE-TYPE=single

Febre amarela: grávida pode tomar vacina?

Saiba também quando o bebê deve ser imunizado

30 Comentários

A febre amarela é motivo de alerta para toda a população, mas para grávidas e bebês a situação é ainda mais preocupante. “A doença pode ser mais perigosa para gestantes, por conta do risco de transmissão ao bebê. No caso dos recém-nascidos, eles não podem ser vacinados e ainda não possuem anticorpos”, afirma a médica infectologista Thaís Guimarães, presidente da Sociedade Paulista de Infectologia.

Transmissão da doença
Trata-se de uma doença hemorrágica transmitida através da picada de mosquito e existem dois tipos: a silvestre e a urbana. O que diferencia um tipo do outro não é o vírus, e sim, a forma de transmissão. Na silvestre, a pessoa que adentra regiões de mata é picada por um mosquito que anteriomente picou um macaco contaminado com a doença. Esse tipo de febre amarela costuma ser mais comum entre os meses de dezembro e janeiro, quando o calor e a chuva causam um aumento no número de mosquitos e, consequentemente, da circulação do vírus.

O segundo, e mais perigoso, é a urbana. Nesse tipo da doença, a transmissão se dá quando o mosquito Aedes aegypti (o mesmo da dengue) pica uma pessoa que contraiu o vírus na mata e, depois, uma pessoa saudável. Ou seja, a transmissão é feita de maneira secundária.

A febre amarela urbana é mais preocupante porque leva entre 20% e 50% das pessoas que não fazem o tratamento ao óbito. Uma das principais preocupações do Ministério da Saúde é justamente evitar que a febre amarela urbana volte a ocorrer. 

Sintomas
O sintomas da febre amarela vão de dores a vômitos. “Os mais comuns são febre, vômitos, dores pelo corpo, aparecimento de ‘amarelão’ nos olhos e na pele e também podem surgir manifestações hemorrágicas”, afirma a infectologista Thaís Guimarães.

A médica explica que não há um tratamento contra o vírus em si, e apenas os sintomas podem ser tratados quando o paciente é internado. “O tratamento consiste em hidratação, prescrição de remédios antitérmicos contra febre, analgésicos paras as dores e, eventualmente, em alguns casos com hemorragia, transfusão sanguínea”, esclarece a médica. O tratamento é o mesmo, no caso das gestantes.

Vacina
Apesar de a principal forma de prevenção contra a febre amarela ser a vacina, o Ministério da Saúde não recomenda a imunização em gestantes. Para as grávidas que moram em áreas com indícios da doença, a imunização deve ser feita apenas com orientação médica, que irá avaliar o risco/benefício da vacina. Nesse caso, converse o quanto antes com o seu médico.

A vacinação também não deve ser administrada durante a amamentação a não ser por orientação médica. Mulheres com alergia a ovo, que usam medicamentos imunossupressores, corticoides, ou estão em tratamento de câncer também não devem se submeter à imunização.

De acordo com o Ministério da Saúde, bebês podem ser vacinados a partir dos nove meses de idade e devem tomar uma dose de reforço aos quatro anos. No caso de bebês que moram em regiões em situação de emergência epidemiológica, a dose pode ser tomada a partir dos seis meses de vida, repetindo-se a vacinação aos nove meses e quatro anos de idade. A OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda apenas uma dose da vacina para a vida inteira, porém o Ministério da Saúde brasileiro recomenda duas doses com intervalo de pelo menos 10 anos.

+Vacinas no primeiro ano do bebê

Fora a vacina, a única forma de prevenção é evitar a picada do mosquito. “Pode-se usar repelente e roupas compridas, principalmente as pessoas que vão às áreas de exposição e que adentram a mata”, recomenda Thaís Guimarães. Mas lembre-se que repelentes devem ser liberados pelo médico antes de serem usados no bebê e pelas gestantes.

+Bebê pode usar repelente?


Fonte: Thaís Guimarães, médica infectologista e presidente da Sociedade
Paulista de Infectologia (CRM/SP 69250)

30 Comentários

    • Olá!
      A sua dúvida requer uma consulta com um médico. O vírus da vacina ainda permanece alguns dias no seu organismo. Agende uma consulta antes de retomar a tentativa de engravidar!

  • Oi bom dia estou de 21 semanas fui em alguns postos de saude ums falam que eu posso tomar outros falam que nao posso… Nao sei o que fazer me ajudem por favor

    • Olá Caroline!
      Você deve procurar o seu médico para que ele avalie a necessidade. Principalmente se mora em áreas de risco. Somente um médico poderá prescrever a vacinação. Enquanto isso, proteja-se. Use repelentes liberados para gestantes e evite passeios em matas.
      Esperamos ter ajudado.
      Saúde,
      Um abraço

    • Olá Cristiane!
      Fornecemos sempre informações corretas e confiáveis. Não informamos em momento algum sobre a transmissão da doença através do macaco. É muito importante que nossas leitoras entendam que o macaco tem papel importante na vigilância das áreas de risco. A morte do macaco sinaliza que a área que ele vivia necessita de combate ao mosquito e principalmente a vacinação das pessoas próximas a ela. Nossas matérias são revisadas por médicos e profissionais de saúde.
      Agradecemos seu contato.
      Estamos sempre a disposição.

  • Olá boa tarde estou de 17 semanas de gestação e moro em áreas de mata até agora não casos aonde eu moro mais eu posso tomar a vacina da febre amarela .aqui aonde eu moro tem aqueles macaco só invenção? E perigoso e aqui no jardim palanque são Mateus

    • Olá Bruna!
      As gestantes somente podem tomar vacina mediante prescrição médica.
      Na sua próxima consulta de pré-natal fale com seu médico, informe a região que você mora.
      Use sempre repelentes liberados para gestantes.
      Esperamos ter ajudado.

  • OLá! Eu também tomei quando estava grávida de 2 meses sem saber.
    E meu filho hoje ja tem 6 anos. Fica tranquila mas informe seu médico.

  • Amamento meu bebê que tem onze meses no posto falaram que eu posso tomar a vacina após um mês que ele tomou estou próximo a região aonde morreram os macacos

    • Olá Elisangela
      Você pode sim receber a vacina! Porém precisa fazer uma interrupção na amamentação após receber a vacina, de pelo menos 10 dias, eliminando assim a presença do vírus no leite materno.
      Converse com seu médico para receber mais informações!

    • Olá Pamela!
      Procure seu médico. Explique que você reside próximo a área de risco. Somente o médico poderá prescrever a vacinação. Enquanto isso, proteja-se usando repelente indicado para gestantes.

  • Eu tenho um bebê de dez meses vou levar ele pra tomar a vacina e gostaria de saber se eu posso tomar também? Por que eu estou amamentando.

    • Olá Patricia!
      Seu filho já pode receber a vacina.
      Você também, porém deverá suspender a amamentação por um período mínimo de 10 dias, para que o vírus que você recebeu na vacina não esteja mais presente no leite materno.
      Esta informação poderá ser confirmada no Posto de Saúde.
      Cuide-se bem!

  • Olá boa noite estou de 23 semanas e a área onde fica minha residência se encontra em estado de alerta inclusive a maioria dos parques fechados ficam próximos, a vacina não foi liberada mesmo com está situação , qual seriam os procedimentos e riscos caso contraia a febre amarela? estou muito preocupada e com medo pois se foca em quem toma a vacina e os outros casos como ficam?
    Desculpas pelo desabafo e obrigada

    • Olá Jaqueline!
      Você já falou com seu médico, explicando essa situação de residir em área de risco? Se mesmo assim ele não autorizou, você precisa se proteger sempre com repelentes indicados para gestantes, proteger seu corpo com roupas compridas e evitar transitar por áreas de mata.
      Com essas precauções você eliminará maiores riscos. Fique bem, e não deixe que esses medos estraguem o momento tão gostoso da maternidade!

  • Ola, estou tentando engravidar e tomei a vacina. Se caso estiver grávida de uma ou duas semanas têm algum problema?

    • Olá,
      Caso venha descobrir que está grávida, comunique ao seu médico que você tomou a vacina.
      Sempre é importante que ele tenha conhecimento de medicamentos e vacinas que você recebeu.

    • Olá, Silvana! Tudo bem? O motivo da vacina ser contraindicada para gestantes é, na verdade, o fato de que ela possui, em sua composição, uma versão atenuada do próprio vírus da doença. Portanto, há o risco de pacientes mais sensíveis, como as gestantes, acabarem contraindo a doença a partir da vacina, o que poderia prejudicar o feto de alguma maneira ainda não determinada pelos médicos. Contudo, se a gestante vive numa área de risco, como as regiões de mata em Minas Gerais, onde muitos casos têm sido registrados, o médico pode avaliar se vale a pena ou não a gestante receber a dose. Esperamos ter esclarecido sua dúvida. Abraços, Equipe Clickbebê.

    • Olá, Maria! Tudo bem? Nesse caso, você deve procurar um médico o mais rápido possível e contar o que aconteceu. Ele certamente saberá o que fazer. Abraços e boa sorte. Equipe Clickbebê.

    • Não sei se posso ajudar. Mas minha nora tomou a vacina também o ano passado sem saber que estava grávida de 7 semanas e graças a DEUS a gravidez foi perfeita e meu neto nasceu saudável. Agora minha filha está grávida e usando muito repelente já que não pode tomar a vacina. Bjs

Deixe o seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *