PAGE-TYPE=single

Como identificar os tipos de choro

Distinguir o motivo vai ajudar melhor o bebê a se acalmar e facilitar a vida da mãe
9 Comentários

Entender por que a criança está chorando é uma das tarefas mais complicadas para as mães, principalmente, as de primeira viagem. O choro é o principal meio de comunicação do bebê durante seus primeiros meses de vida e pode ter diversos motivos, o que acaba tornando difícil identificar sua real necessidade.

“É sempre muito difícil para mãe lidar com o choro, mas com o passar do tempo ela vai aprendendo a entender o que o bebê quer dizer com ele. Dessa forma a aflição diminui”, diz a pediatra Mariane Franco, presidente do departamento de pediatria ambulatorial da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP).

Tipos de choro

Alguns tipos de choro são mais frequentes nos primeiros meses do bebê, como o de fome, cólica, gases, sono e desconforto. A criança costuma abrir o berreiro de maneiras diferentes de acordo com o motivo. “O choro de fome costuma ser mais irritadinho e impaciente. O de cólica pode ser mais longo e agudo, enquanto o de sono é mais um choramingo”, explica a pediatra Mariane.

+Shantala alivia as cólicas e melhora o sono do bebê 

Porém, a médica ressalta que podem haver variações de acordo com cada bebê. “Não dá pra criar uma regra pra cada choro, pois cada criança é diferente e umas são mais choronas do que as outras”, afirma a médica.

Método Dunstan

Existem alguns métodos para distinguir o choro. Um deles é o Dunstan Baby Language, desenvolvido pela australiana Priscilla Dunstan, que estudou o comportamento e o choro de bebês de diversas nacionalidades, percebendo que, até os três meses de vida, os recém-nascidos fazem cinco sons diferentes ao chorarem.

Rafaela Rosa, fisioterapeuta e especialista em linguagem do bebê, é a primeira profissional brasileira certificada pela técnica. “O método Dunstan sugere que a mãe e a família se conectem com o neném e o observem. À medida em que a mãe nota e compreende o choro do bebê e responde adequadamente, ele vai parar de chorar mais rápido. Isso acalma a família inteira”, diz a fisioterapeuta que atende em Brasília (DF).

Entender o que se passa com o bebê é fundamental para a mãe conseguir cessar o choro. “Às vezes, por exemplo, o neném está com fome e a mãe o bota pra dormir. Isso acaba deixando o bebê cada vez mais nervoso e irritado, porque a mãe não soube identificar o choro no início”, diz Rafaela.

Como identificar cada choro

Segundo a fisioterapeuta Rafaela, cada choro tem um som diferente, que deve ser observado pela mãe:

Fome: “É um choro baseado no reflexo de sucção, parecido com um ‘neh, quando encostamos nossa língua no céu da boca”;

Sono: “Esse choro tem um som parecido com um ‘owh’, como se estivesse bocejando. O bebê chora com a boquinha em formato ovalar”;

Cólicas: “Tem um som como ‘eaihr’. Esse é um choro mais estridente, nervoso e agudo;

Desconforto: “Tem um som de ‘heh’, sendo um choro de desconforto em relação à temperatura, ou a posição, fralda suja, etc”;

Gases: “Tem um som parecido com um ‘eh’, como se o bebê estivesse com algum ar preso na barriga, como se quisesse se livrar de um arroto preso”.

Bebê manhoso? 

Existe o risco do bebê se tornar manhoso caso seja sempre atendido quando chora? Segundo a pediatra Mariane, isso só acontece com bebês maiores, a partir dos nove meses de idade, quando já são espertos o suficiente para perceberem que podem conseguir as coisas através do choro. “É importante também que as mães não se desesperem, criando uma aflição de resolver o choro imediatamente. Afinal, o choro faz parte da vida”, finaliza Mariane.


Fontes:
Mariane Franco, pediatra e presidente do departamento de pediatria ambulatorial da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP)
(CRM/PA 4274)
Rafaela Rosa, fisioterapeuta e especialista em linguagem do bebê
(CREFITO 11 – 74.435)

9 Comentários

  • Gente muitas vezes a criança ela quer colo mesmo,quer a presença de alguém principalmente da mãe….os bebês estão confusos,acabaram de sair do conforto do útero,se sente sozinhos e inseguros….com certeza vão chorar mesmo por colo,pra ter alguém por perto..no meu ponto de vista isso não é manhã…

  • Quem disse que precisa ter nove meses pra fazer manha rsrs minha bebê tem 12 dias de vida e tem noites que ela só quer dormir no colo quando a coloco na cama parece que tem espinhos lá nada resolve a não ser o colinho.

    • Olá,
      O colo é importante, mas depois que ele adormecer leve-o para o berço ou carrinho. Mantenha suas mãos perto dele por um tempinho, para que ele sinta sua presença e segurança.
      Aos poucos ele vai se acostumando que você estará sempre por perto.

  • Quem disse que as manhas só aparece no 9meses…o meu bebê está apenas com 1mes e alguns dias já está manhoso… ele não quer dormir na cama só no colo… não dá pra fazer nada

    • Olá,
      Algumas mães sugerem aqui que assim que colocar seu bebê no berço/moisés/carrinho, manter sua mão acariciando, mostrando sua presença ali por um minutinho, até que ele adormeça. Elas relatam que deixam o bebê seguro, antes de se afastarem e isso os mantém ali.
      Esperamos ter ajudado.

  • Bebê manhoso a partir dos noves meses? Acho que não. Meu bebê tem cinco meses e chora o tempo todo, só quer ficar no colo, não consigo fazer nada. Nem no carrinho ele quer ficar, só para de chorar quando pego ele no colo.
    Não sei mas o que fazer.

Deixe o seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *