PAGE-TYPE=single

Como deixar o bebê quentinho durante o inverno

0 Comentários

Os bebês são mais sensíveis ao frio que os adultos e sentem mais desconforto causado pelos dias secos e quedas bruscas de temperatura do inverno. Por isso, é importante deixar a criança sempre agasalhada e longe de friagem para evitar gripes e resfriados. Evite sair em horários mais frios, como início da manhã e final de tarde, para ela não sofrer com choques térmicos. Nos passeios, prefira lugares abertos para ter a oportunidade de tomar alguns minutos de sol diário e, ao mesmo tempo, evitar lugares fechados sem ventilação, ambiente propício para a disseminação de vírus, mais comuns nessa época do ano.

Na hora do banho e troca de roupa, prefira os horários mais quentes do dia, mantenha a água em torno de 37º C e diminua o tempo na banheira. Um aquecedor, ligado quinze minutos antes, deixa o lugar do banho mais agradável. No entanto, não use por períodos prolongados, pois o aparelho diminui a umidade do ar e pode ajudar a congestionar o nariz do bebê. O mesmo alerta vale para o ar-condicionado.

+Saiba como dar banho no inverno

O ideal é vestir a criança por camadas: um body, uma calça, meias e um macacão com pé, já que os bebês perdem muito calor nas extremidades. Nas peças internas, prefira as de algodão, para não causar brotoejas e outros problemas de pele. Para checar se o bebê está quentinho, coloque a mão no seu tórax. Se estiver mais frio, utilize um gorro e uma manta para cobri-lo e luvas durante um curto período de tempo.

Antes de dormir, deixe a porta do quarto fechada para o ambiente ficar mais quente. Para o berço, uma boa opção é usar lençol de flanela, sempre deixando abaixo do tórax ou usar saco de dormir, no qual só a cabeça do bebê fica descoberta. A peça é uma espécie de casulo, em que a parte inferior junto aos pés é fechada e alguns modelos têm espaços para os braços ficarem livre e, outros, não.

Alerta

Apesar da importância de manter o bebê agasalhado, é importante não exagerar na quantidade de roupas e cobertores. Coloque a mão por baixo do body para verificar se a criança não está transpirando. Irritação e choro são outros sinais de desconforto. Nesse caso retire a manta ou alguma camada de roupa. Isso porque o superaquecimento pode causar desidratação, além do perigo da Síndrome da Morte Súbita, já que agasalhar demais a criança é um dos fatores de risco.


Revisado por: Isabela M. Forni, médica pediatra formada pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), autora do Blog Eludicar| Cuidado à criança. A profissional atende em unidades dr.consulta. (CRM/SP 163243).

Deixe o seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *