PAGE-TYPE=single

Higiene íntima dos bebês: meninos e meninas exigem limpezas diferentes

Confira os cuidados em cada caso e evite problemas de saúde
2 Comentários

Os bebês são frágeis e pequeninos e, para eles, a higiene é fundamental à saúde. Especialmente em suas partes íntimas, que podem ser uma porta aberta para infecções, razão pela qual é preciso muita atenção na hora do banho e na troca das fraldas.

A higiene íntima das meninas:

No caso das meninas, no banho use sempre água morna e sabonete neutro infantil na região genital e anal. Afaste os grandes lábios com os dedos, pois neles podem permanecer resíduos de fezes e isto pode ser um foco de contaminação.

Caso visualize casquinhas de resíduos, ao removê-las, lembre-se sempre de que a vagina é muito sensível. Limpe com delicadeza, sem esfregar para evitar a retirada da camada natural de proteção da pele.

Não há possibilidade de ocorrer a perfuração do hímen durante o banho ou limpeza da genitália feminina. Alguns cuidados devem ser tomados com a região anal para não deixar que detritos contaminem a vagina. Desse modo, a limpeza deve ser feita iniciando-se na vagina em direção ao ânus.

Nos primeiros dias a genitália da bebê poderá expelir espontaneamente um pouco de sangue. Faça a limpeza da mesma forma, mas se persistir além de uns poucos dias, consulte o seu pediatra.

Como fazer a limpeza

Na troca de fraldas use algodão umedecido com água morna, tomando os mesmos cuidados de higiene que devem ser adotados no banho: limpeza geral da vagina para o ânus, muita delicadeza e secando completamente depois da limpeza, para prevenir o surgimento de assaduras.

Caso utilize alguma pomada recomendada pelo pediatra, aplique uma camada fina ao redor do ânus se estiver avermelhado e não a use internamente na vagina do bebê, exceto se assim foi orientado pelo médico.

+Vídeo ensina fazer a limpeza da fralda das meninas

A higiene íntima dos meninos:

No caso dos meninos, os cuidados gerais devem ser os mesmos: limpeza na direção do pênis para o ânus, muita delicadeza e uso de água morna e sabonete neutro infantil no banho. Todavia, como os órgãos genitais são diferentes em relação aos das meninas, há alguns cuidados específicos.

O pênis do bebê tem sua “ponta”, ou “cabeça” ou glande, coberta por uma pele, o prepúcio, que não deve ser puxada até que naturalmente ela se destaque do pênis, o que pode demorar meses.

Como limpar 

Quando a glande estiver naturalmente exposta, o prepúcio deve ser delicadamente rebaixado para a limpeza de secreções ou gordurinhas que costumam ficar retidas na glande. Se houver resíduos de fezes ali, limpe-o com água morna e algodão o qual deve ser descartado após passá-lo uma só vez. Após a limpeza, seque a glande e retorne o prepúcio para a posição inicial.

O saco escrotal também deve ser higienizado, principalmente atrás do saquinho, pois podem existir resíduos de fezes nesta área. Levante o saquinho para lavá-lo e seque a região, para prevenir o surgimento de assaduras.

Na hora da troca de fraldas, tenha os mesmos cuidados descritos para as meninas, lembrando que nem toda pomada recomendada pelo pediatra necessita ser passada no pênis do bebê: verifique com o pediatra se é ou não o caso.

O uso de lencinhos umedecidos deve ser reservado para as situações de emergências ou em locais em que não dispuser dos materiais recomendados. O uso abusivo de lenços umedecidos ou sabonete infantil diminui a camada natural de gordura o que prejudica a pele do bebê.


Revisado por: Kristine Fahl Cahali, médica pediatra da clínica Len de Pediatria
(CRM 90817)

2 Comentários

Deixe o seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *